segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Por favor, não quero que esta semana chegue ao fim...

Estou com o meu sentido humor totalmente destruído...
Lá recebi eu outra nota que até faz revirar os olhos para não fazer contacto directo.
eu estudei durante duas semanas, queimei pestanas inutilmente. Não percebo, eu estudo, em casa percebo as coisas, chego aos testes faço tudo com uma fé desgraçada e depois recebo os malditos e eles deitam-me abaixo desta maneira!
oh pah, eu não sou um daqueles casos em que dizem que estudam, mas na verdade nem por isso - Eu farto-me de estudar, eu estudei tanto que até cheguei a um ponto que já estava viciada, pois acertava nos exercícios e essa sensação de poder é como uma droga. Acho que mais vale voltar a fumar, tornar-me uma ninfomaníaca (pois eu tinha uma colega que quase todos os dias andava na pinocada com o namorado, só falava de sexo e tinha altas notas, de meter inveja), vou começar a beber (como as meninas do quadro de honra da minha escola que todos os fins de semana apanhavam uma cardina que na segunda pareciam zombies) e coisas assim.

Isto de ser menina certinha e estudar todos os dias não resulta, então o que resulta?

Não quero que esta semana acabe pois a partir do fim de semana tenho de voltar a enterrar a cabeça nos livros e só daqui a duas semanas volto a ver a luz do sol a brilhar com toda a sua intensidade e plenitude.~


llife is sad 

Mas eu ainda vou atacar mais uma vez, não vou desistir!!!!!

5 comentários:

  1. Por mas estranho que possa parecer - nem sempre estudar a fundo é a melhor solução, não senhora, muito menos com o avançar das dificuldades académicas.
    Não sei em que ano de escolaridade estás, mas falo pela minha experiência universitária: a chave é conseguir alternar o estudo com a distracção, de forma a potencializar o rendimento do cérebro.
    No secundario, eu adoptei um metodo que disse a mim mesma que tinha de resultar - estudaria TODOS os dias, mas não dedicaria mais de 8h/dia ao estudo, aulas incluidas. Se saía mais tarde da escola, estudava menos; se tinha uma tarde livre, aproveitava o tempo para estudar, nunca excedendo as 8h. E se ficassem coisas por estudar, recuperava no fim-de-semana, ou estudava um bocadinho na epoca de testes (aí, ja me permitia passar alguns dias a esutdar mais do 8 horas, evidentemente),
    Resultou? A minha média de secundário foi 18,4. Por isso acho que sim, que resultou. ;)

    ResponderEliminar
  2. Talvez seja disso que eu preciso: estabelecer um limite de estudo e não exceder.
    Mas é por causa da Matemática A... eu não estudava quase nada, ou nada para as restantes disciplinas e tirava óptimas notas, mas onde envolve cálculo, é o bloqueio completo na minha cabecinha loira...
    Acho que estou a ficar burra com a idade...

    Beijinhos ^.^
    Obrigada pela dica

    ResponderEliminar
  3. Nós não ficamos burros com a idade, ficamos é mais preguiçosos e temos menos respeito pelo nosso corpo. Um estilo de vida saudável ajuda muito no rendimento escolar. Não sei muito bem o que é ter dificuldades a Mat A, porque na verdade foi das cadeiras que mais gostei e melhor dominei, mas se não tens de te esforçar tanto para as outras, aproveita para te dedicares mais a essa ;)
    E não abdiques de fazer nada por causa de estudar. Tal como as tuas amigas que vão emborcar todos os sabs, eu tb saía quase todos os sabs, além de que tinha 7 treinos diarios de nataçao, tinha aulas de guitarra e tocava numa banda, e mesmo assim, conseguia manter a minha media. E não, eu nao so sobredotada, I wish. Não te estou a dar o meu testemunho para ser convencida, espero apenas ser motivo de motivaçao - é possível ;)

    ResponderEliminar
  4. Eu por acaso nunca tive grandes problemas na escola excepto com uma cadeira que andei a fazer este semestre.

    eu nunca fui de estudar mas tenho boa memória. Entao safava-me a ouvir as minhas colegas a discutir matéria. Decorava e chapava no teste.

    Cadeiras que eu gostava estudava por gosto e adorava aquilo. O resto era esquemas que fazia dois dias antes do teste e já esta.

    ah e antes de cada teste via uma série para descontrair e comia um chocolate porque ajuda o cérebro.

    não desesperes. Podes é estar com um esquema errado. Não ponhas tanta pressão. Eu sem pressão passei sempre :)

    Boa sorte

    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Também já fui mais assim, ouvia o que os profs diziam e as minhas colegas e em casa não estudava quase nada, revia umas coisitas, chegava aos testes e pimba, na maior, mega nota digna de inveja. Agora com a matemática... já há muito tempo que não tenho uma mega nota >.<
    Mas eu no ano passado tinha uma professora (adoro aquela senhora) que fazia sempre imensos mini-mini-testes, ou seja, fazia ao longo do período 2 mini-testes, mas dividia-os em 4, 5 ou 6 e ás vezes eram surpresa, o que é certo é que eu tirava sempre boas notas nesses mini-mini-testes, pois estava super descontraída e só revia o necessário!

    Mas claro que eu não desisto, nem que eu me pinte!

    Obrigada pelo apoio e as dicas xD

    Beijinhos ^.^

    ResponderEliminar